24 de nov de 2010

DICA DA HORA - MALAS

Eu sei que tô sumida tem um tempão... Sorry!

Sei tbm que este deveria ser o post que finaliza a série "INDO ÀS COMPRAS", mas acontece que o tema "malas" tem me perseguido desde a viagem a Salvador.

Foi a arrumação para a viagem... é a galera da China tbm 'arvoroçada' com a idéia [uma mala? duas malas? quantas malas?]... E isso tudo culminou ontem, com uma migaminha indo para a Grande Maçã [ai, ai...] e me pedindo dicas de roupas e bagagens. Logo... este post ficou matutando na minha cabeça, mais do que as compras, e não teve jeito... Ei-lo!

Começei a rascunhar dicas que eu mesma adoto, e quando fui buscar outras achei este texto aqui, completinho e perfeito, do Arnaldo Interata [Fatos & Fotos de Viagem], onde ele junta as dicas que eu já sigo, com outras tbm bem interessantes. Divirtam-se!
1. Use malas com rodinhas (quanto menos aparentes as rodinhas, mais embutidas, mais duráveis serão as malas). Evite malas com rodízios fraquinhos e pés plásticos muito proeminentes. Eles quebram-se facilmente.

2. SEJA LIGHT! Use embalagens pequenas para artigos de toalete. Ou até mesmo considere a possibilidade de comprar tudo lá, no seu destino.

3. Use cadeados com segredos (os de chave serão inutilizados caso sua bagagem necessite ser aberta pela segurança dos aeroportos e vc chegará com suas malas abertas).

4. Verifique se os hotéis dispõem de secadores de cabelos e ferro elétrico.

5. Nunca despache valores, jóias, remédios e câmeras. Carregue-os na sua bagagem de mão.

6. SEJA LIGHT! Em princípio, se não puder carregar todas as suas malas você mesmo, pense na possibilidade de não encontrar carregadores em hotéis, estaçãos de trêm e ônibus. Estando sozinho, pense na possibilidade de carregar apenas aquilo que você mesmo consiga transportar.

7. SEJA LIGHT! Mais do que nunca as Cias. aéreas estão exigindo que as bagagens tenham peso e medidas determinados, especialmente aquela que embarcará com você na cabine. A soma das dimensões (altura, largura e comprimento) dessa bagagem não pode ultrapassar 115 centímetros e seu peso não pode exceder 5 quilos. Consulte os sites das Cias. aéreas e verifique os tipos e dimensões das bagagens que podem ser despachadas sem custo.

6. SEJA LIGHT! A gratuidade de bagagem despachada é de 2 malas de 158 cm e 32 kg por passageiro, em vôos internacionais e de 23 kg para cada uma das 2 malas, em vôos domésticos (inclusive no exterior). Portanto, é muito importante lembrar que mesmo vc fazendo um vôo internacional, se voar internamente (domesticamente) por países para onde for, estará sujeito às regras de vôos domésticos para efeito de franquia de bagagem. Isso quer dizer que vc pode carregar duas malas, das mesmas dimensões, porém com 23 kg cada uma, apenas. E mesmo em vôos internacionais entre países, dependendo da classe de sua passagem, poderá ter apenas 20 kg de bagagem, sem pagar excesso, que pode custar até 20 euros por quilo! Portanto, pergunte ao agente de viagens ou à cia. aérea sua franquia de bagagem. Programe-se para não exceder esse peso/volume em vôos domésticos, caso contrário pagará por excesso nos vôos internos. Outra dica importante é não exceder o peso máximo por mala, isto é, não aianta carregar uma com 42 kg e outra com 22 porque o peso total permitido (64 kg) não é a soma dos dois volumes, mas sim o máximo permitido por volume. Distribua bem sua bagagem entre as malas e lembre-se de retirar “peso-morto”, como embalagens, shampoo e sabonete, etc. Livre-se de tudo o que não for necessário na hora de arrumar sua mala. Posos garantir que é um exercício gostoso vc radicalizar, como se estivesse tentando bater um record eliminando coisas absolutamente desnecessárias.

7. Use identificadores de bagagem (dois para cada mala, dentro e fora) e fitas coloridas (preferencialmente de duas cores em cada mala) para distinguir sua bagagem facilmente.

8. É recomendado o uso de cintas protetoras que "abraçam" as malas, como segurança contra abertura acidental dos fechos. Mas atenção, dê preferência aos cadeados aprovados pela TSA. Que bicho é esse? Um cadeado que abre com uma chave-mestra do pessoal da alfândega, e que portanto permite inspeções sem danificar o seu patrimônio. Existem vários modelos, com segredo ou sem segredo. Dá para comprar em qualquer boa loja de malas, ou pela internet, buscando pelas palavras-chave "cadeado" e "TSA". O TSA é um órgão que dita regras para os EUA, mas alguns países andam adotando a mesma medida. Os cadeados/cintas que têm esse símbolo são compatíveis:

9. Ponha em apenas uma mala todas as compras feitas no exterior, o que facilitará a sua vistoria ao passar por alfândegas. Guarde todos os recibos de compras dos produtos para comprovação eventual ao regressar ao país e ter sua bagagem verificada pela polícia aduaneira.

10. Você pode despachar quantas malas desejar, de até 32 Kg cada, em viagens internacionais, ao custo de US$ 80,00 por mala. Toda mercadoria despachada em caixas e embalagens pagará preços diferenciados (e bem mais caros), calculados segundo critérios de "carga", e não de bagagem.

11. SEJA LIGHT! Uma mochila pequena dessas de trekking é muito útil para usar durante os passeios que fizer, em viagem. Nela você pode botar pequenas compras que fizer durante o dia, equipamento fotográfio, guias, mapas, etc. Evite carregar muito peso quando for colocar o conteúdo de sua mochila, porque ao longo do dia o excesso de carga pode detonar sua coluna.

12. É recomendado o uso de um pequeno cadeado (com segredo, não com chave) no fecho de sua bolsa principal.

13. Leve sempre com vc uns sacos plásticos auto-selantes, do tipo Zip-Loc. Com certeza você os achará muito úteis.

14. Travesseiro? Não tenha vergonha de carregar um, daqueles menores, leves e mais finos, de espuma! NADA melhor do que uma noite bem dormida, não importa onde!
E se vc também tem uma dica interessante sobre malas, compartilhe aí nos comentários! A gente agradece!

Outras dicas do tipo, virão por aí... fiquem ligados!
.

4 comentários:

magno disse...

Excelente as dicas. Mala muitas vezes é um fator que colabora muito com o sucesso da viagem. Relação com mala espelha muito a relação com a vida. Quantas coisas carregamos em nossas malas da vida que só ocupam espaço e nos da problema. Aproveite para exercitar a mala "vazia", pelo menos na ida, já que a volta só Deus sabe...

Sora Soralina disse...

Ótimo comentário, Magno...

Concordo com vc em gênero, número e grau!

E qto à volta... realmente só Deus sabe!!

Rsrs...

Gostei da visita... volte sempre!

Sales disse...

Olá, Sora.

Gostei da dica dos cadeados TSA. Muito útil. Já tinha ouvido falar mas não lembraria sem ajuda.

Em outro post  mandei um link sobre o Sul da China, pois percebi que algumas pessoas vão passar mais tempo na China e países próximos.

Então, colaborando com a dica das malas, acho que vale saber sobre mochilas também. O link contém um bom checklist que pode servir para os que vão de mochina, e para as malas também:

http://www2.uol.com.br/mochilabrasil/mochilaideal.shtml

Até mais...

Sora Soralina disse...

Pois é, Sales...

A dica do cadeado eu peguei com uma amiga minha que viaja muito mundo-a-fora, a trabalho... ela disse vários países europeus já adotaram o esquema.

Adorei o link do Sul da China e a dica da mochila! Valeu!

Brigadinha!