8 de mar de 2011

DICA DA HORA – FOTOGRAFE!

"Que pode a câmara fotográfica? 
Não pode nada. Conta só o que viu. 
Não pode mudar o que viu, 
não tem responsabilidade no que viu. 
A câmara, entretanto, ajuda a ver e a rever, 
a multi-ver o real nu, cru, triste, sujo. 
Desvenda, espalha, universaliza 
a imagem que ela captou e distribui. 
Obriga a sentir, a - criticamente - julgar, 
a querer bem ou a protestar, a desejar mudança." 
Carlos Drummond de Andrade

Foto ::  Sergey Kravtsov
Nenhuma viagem deve passar sem ser registrada! PONTO! Uma viagem com essa à CHINA muito menos! Afinal, foram mais de 15 meses de planejamento e preparação, sem falar do quão único, em muitos aspecto,s é o país para onde vamos. Temos que documentar tudo... fotografar tudo!

Eu, enquanto amante da fotografia, já estou delirando antecipadamente só de imaginar as fotos que poderei fazer. E me espanto ao comentar o assunto com os colegas de viagem e ouvir deles que isso é muito fácil, uma vez que a fotografia para mim é um hobby sério e uso equipamentos com um pouco mais de recursos. Mas já adianto... isso é um ledo engano!!

Algum fotógrafo famoso [acho que foi o Hansel Adams, não tenho certeza] já dizia que o que faz a foto é o olhar, e não o equipamento. Portanto, qualquer um, com uma máquina razoável, poderá fazer belas fotos durante nossa viagem, basta conhecer seu equipamento e abrir sua mente e seu 'olhar'!

Lendo o blog do foto-viajante Arnaldo Inerata [Fatos & Fotos de Viagem] achei comentários bem legais sobre o assunto e compilo trechos aqui, na esperança de que o que ele diz possa te animar a documentar ricamente sua aventura... portanto, qualquer que seja sua câmera, trate de colocá-la já na mala e bons clics!


“Viagens sempre estiveram no pensamento, no desejo e nas atitudes do homem. [...] Uma viagem pela viagem, sem registros - escritos e fotográficos - pouco vale e não leva a nenhum lugar. Nada se iguala - em dimensão e importância às viagens registradas e divulgadas.[...] Fotografar viagens pode ser tão simples ou complicado quanto maior ou menor forem o domínio e o conhecimento de nossas câmeras e das técnicas fotográficas. [... ] Para uma boa fotografia a arte conta tanto quanto a técnica e a habilidade. Mas não deixe que isso o intimide, muito menos o desanime. Afirmações como 'Eu não tenho arte, não serei um bom fotógrafo', só valem para quem deseja ser profissional. Para fazer boas fotos, basta evitar o lugar comum; é preciso não olhar com neutralidade. Só assim suas foto terão a sua personalidade. 

O primeiro inimigo da arte em fotografia é o desconhecimento. O segundo, o desejo de fazer fotos rapidamente, registrar sem cuidado, falta de perseverança e de preocupação antecipada com o resultado. [...] É necessário aprender a usar seu equipamento, seja ele uma câmera compacta ou uma reflex semi-profisisonal.

Qualquer amador principiante pode fazer fotos com qualidade bastante superior às que tem feito, independentemente de seu talento e até mesmo o de possuir aquele raro 'olhar fotográfico', tão diferenciado, que alguns fotógrafos parecem ter. [...] 


O mais importante a ter em conta ao fotografar, é:
1) Não dispare como um louco e sem pensar, só porque é uma câmera digital. Pense antes, para não se arrepender depois de fotografar;
2) Tenha paciência. Esperar pelo melhor momento e procurar o melhor lugar sempre resultará fotos melhores do que disparos intempestivos;
3) Não dispare sempre do mesmo lugar, faça as mesmas fotos de outros ângulos e com novos enquadramentos. Use o zoom e regule sua câmera de maneiras diferentes para uma mesma cena;

4) Conheça seu equipamento, leia o manual; [esta dica é minha!]
5) Use ISO e White balance corretos; 
6 ) Não use uma reflex (SRL) no automático, como se fosse uma compacta (o que equivale a ter um Boeing e usá-lo como um teco-teco);

7) Não tenha medo da câmera;
7) Deixe de usar o flash ou evite usá-lo excessivamente; e last, but not least,
9) EVITE usar o modo automático!"

FONTES:

Nenhum comentário: