25 de fev de 2011

AINDA EM BEIJING - ÓPERA DE PEQUIM

Foto : Saad Akhtar de Nova Delhi, India
Faz parte de nossa programação cultural em Beijing, irmos assistir a um espetáculo da Ópera de Pequim.

Programa imperdível, a Ópera de Pequim é uma forma de teatro chinês tradicional que combina música, performance vocal, mímica, dança e acrobacia. E assim como o carnaval é para o Brasil, a Ópera chinesa é também uma instituição cultural deste país, tão relevante quanto as arte marciais. A arte surgiu no final do sec. XVIII e ganhou popularidade com as atuações na corte da Dinastia Qing.

Apesar do nome, as principais companhias estão sediadas não só em Beijing, mas também em Tianjin [norte], em Shanghai [sul] e também em Taiwan. As óperas mais antigas são representadas em mandarim arcaico, mas alguns teatros disponibilizam telões com legendas em inglês. Os figurinos são exuberantes e sofisticados, e juntamente com a maquiagem elaboradíssima, serve para diferenciar a i tipo e a classe social do personagem. As cores usadas neles também têm significado específico: O preto, simboliza o atrevimento; o branco, a mentira; e dourados e prateados são utilizados entidades divinas.

O espectáculo apresenta geralmente quatro personagens principais: sheng (masculino), dan (rapariga nova), jing (cara pintada, masculino) e chou (palhaço, masculino ou feminino). As personagens podem ser desde traiçoeiras ou leais, belas ou feias, boas ou más. e suas características são bastante evidentes.

FONTES:

Um comentário:

Sales disse...

Sora Soralina,

Adoooooro teatro... ópera também... Lembra-se de RJ? Tirei um dia para ir a um ao lado do Hotel que estavamos eu e o mestre Siegfried. Ir à ópera chinesa, na China?!?! Mais um "sonho de menino pequeno" que vou realizar... Tal como o Templo Shaolin, a Muralha, o Monastério... as descoberta dos G.de Terracota também os colocam no mesmo patamar... e ainda ter aulas com o expoente do Tai Chi Chuan na atualidade, seminário com o abade e ainda meditação com Master Silberstorrf?!?! Não me lembro de completar tantos "sonhos de menino pequeno" em um espaço de tempo tão curto!
Abraços...
E vamos à China!
Att.: Sales.